ESTE MÊS

domingo
26
março/2017

Noite de Tango com Nicolás Ciocchini (Argentina),
La Mugre Trío e Juliana Cortes

Abertura: 20h30 Show: 21h00  R$25,00 (Dinheiro ou Cheque)

Tango



No dia 26 de março, o Café Piu Piu abre as portas para uma noite tipicamente portenha.

Na pista, a professora Luciana Mayumi abre o evento com uma aula introdutória ao Tango e em seguida os convidados da “Arrabalera” esquentam o salão convidando todos a dançar.

No palco o músico argentino Nicolás Ciocchini “el Choco”, faz o show de despedida de sua segunda turnê brasileira acompanhado pelo La Mugre Trío. Para completar a noite estrelada, Choco convida a cantora curitibana Juliana Cortes para uma participação especial.

Nicolás Ciocchini
Nicolás Ciocchini (Choco) é cantor e violonista, intérprete de música argentina e do mundo.

Identificado como parte das novas gerações do tango, sua música se move nas margens do gênero, o chamado “off-tango”.

Com voz e violão, em um diálogo que transcende um mero acompanhamento, propõe um novo olhar sobre repertórios de outros artistas, apropriando-se e reelaborando-os sob a influência de outras músicas.

Seu primeiro disco, “Viola mía” (2010, Acqua Records), foi apresentado em palcos na Argentina, Espanha, Alemanha e França, com uma excelente recepção do público e da crítica. “11 derivas” (2013, Independente), seu segundo trabalho discográfico, reúne 11 canções de 11 autores atuais e em atividade, entre eles Juan “Tata” Cedrón, Raúl Carnota e Juan Carlos Cáceres, que participaram como convidados juntamente com Gisela Magri, Patricio Bonfiglio e Matías Pérez Taján. É formado pela Facultad de Bellas Artes da Universidad Nacional de La Plata (UNLP), com estudos particulares junto a maestros como Diego Rolón, Osvaldo Burucuá, Andrés Aciar e Mónica Capra, é docente no Conservatório de Música “Gillardo Gilardi”, na Escola de Arte “República de Italia” e na Universidad de Buenos Aires (UBA).

Tem realizado turnês internacionais por Brasil (2016), Espanha (2009, 2010 e 2011), França (2009 e 2011) e Alemanha (2011). Seu trabalho como intérprete tem sido destacado em publicações como: “Tango. Ventanas del presente. Miradas sobre las experiencias musicales contemporáneas” (Ediciones del CCC, Buenos Aires, 2012) e “Cien años de música argentina”, de Sergio Pujol (Biblos, Buenos Aires, 2013). Compõe trilha sonora original para teatro, cinema, dança e instalações de arte. Integra o grupo de teatro, música e humor “Ridiculum Vitae”. Produz um ciclo de concertos de artistas estrangeiros em La Plata, “el [choco] invita!”.

Links externos:
www.nicolasciocchini.com.ar/
www.youtube.com/freeplayvideo
violamia.bandcamp.com

La Mugre Trío
O La Mugre Trío tem como proposta uma releitura do tango callejero. Idealizado pelo cantor e violonista Guilherme Kafé, o trio toca um repertório “sujo” que remete ao tango cantado nas ruas de Buenos Aires, no século XX.

Juliana Cortes
A cantora Juliana Cortes apresenta em seus dois trabalhos uma mistura cativante de jazz, world music e música contemporânea. O trabalho se inspira nas regiões frias do sul do Brasil, fronteira com Uruguai, Paraguai e Argentina. O disco “Invento” (2013) foi selecionado ao Prêmio da Música Brasileira, o mais importante do país e conta com a participação especial de Vitor Ramil, reconhecido internacionalmente como um dos grandes compositores da nova história da música brasileira. O recém-lançado “Gris” (2016) foi gravado entre São Paulo, Buenos Aires e Curitiba e foi produzido por Dante Ozzetti.


 



© Café Piu Piu 2017. Todos os direitos reservados.

Rua 13 de Maio n°134 - São Paulo/SP - Tel: (11) 3258-8066